InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [FP] Marceline Hainsworth

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marceline Hainsworth
Vampiro
Vampiro
avatar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/12/2012

MensagemAssunto: [FP] Marceline Hainsworth   Qua Dez 05, 2012 5:13 pm





Marceline Hainsworth


idade: Noventa anos.
grupo:Vampiros.
cidade natal:Los Angeles, Califórnia.
data de nascimento: 31/19/1922.
sexualidade:Bissexual.
familia aqui:Sem parentes.
ocupação: Fotógrafa.
photoplayer:Anna Speckhart.



Quando se deitam na grama verde para observar as estrelas, a única esperança que se tem é de que o céu estará limpo, não haverá nenhuma partícula de poeira no céu que não sejam desejos mortos, não haverá fumaça ou neblina que torne deplorável a visão da infindável noite.A única esperança que se tem é que o paradoxo temporal se manterá continuo e desconexo. Venho lhes contar, como autora, a história de uma garota que sonhava em entrar em um balão e atravessar dimensões: a história de uma garota que esperava acima de tudo, vasculhar cada pedaço desse finita dimensão. A história de uma vampira.Uma vampira má,que não come garotinhas de capuz vermelho, mas que come sonhos, que digere mundos e regurgita guerra. Uma guerra sem fim,uma guerra no tempo, no espaço e nas memórias. Não pisque... Não pisque... Senão você pode se perder no silêncio.

Vou lhes contar um segredo. As bruxas existem. Os deuses e monstros existem. O medo existe. O tempo resiste e o universo é real. E tudo que lhes apresentei tem forma. Forma física, externa e adaptável. Os vampiros tomaram a forma de uma garota. Os deuses geraram essa garota. O medo a abençoou. O tempo a guardou. E o universo deu a ela uma segunda chance. Chance de ser a mais veloz, a mais forte, de nunca morrer... Uma única segunda chance para sobreviver. Não se assuste se encontrar alguma besta, seja ela, demônio, lobisomem, animal, vampiro ou homem. Um instinto dentro de seu pequeno coração o fará lhe proteger. Não esperem muito mais que isso. Não esperem mesmo.

Ela veio de família francesa, família rica, família de sangue da realeza, sangue de inocentes, sangue de uma pureza impura. Pureza que a fez ser caçada.Talvez culpa de sua mãe... Não... Ela o salvou. Culpa do mundo,do tempo,dos senhores do tempo e de seus mestres.
Culpe logo o Destino, mas o que causou tudo foi outro “ser” que tem seu nome iniciado com “D”. De qualquer forma, não vim lhes contar quem é o culpado das lamentações da garota. Venho lhes contar parte curta e sucinta de sua trajetória. Fora transformada quando atacaram sua família por vingança, deixando-a como única sobrevivente. Não teve alternativa senão morrer. Morrer e nascer novamente à toque de um líquido que a deixaria mais forte, mais poderosa, melhor.

Agora,que estava presa em uma terra que amava, mas foi sugada, sugado por um buraco negro que o prendeu. Prendeu dentro de si. A amarrando em um tormento confuso e aconchegante. Um tormento próprio que não teria fim.Quem sabe? Tudo tem um fim,todas as jornadas chegam a um ponto do qual não podem ultrapassar. Todo tempo tem fim,todo paradoxo tem alguma resposta. Ou não... O Destino prega peças, certo?! O tempo também.


PERSONALIDADE:
Ser ou não ser, eis a questão? Transformar ou manter? São tantas dúvidas que perturbam essa cabecinha frágil. O que fazer? Como fazer? Correr? Se esconder? É assustador pensar que sua alma pode se dividir em vários pedaços.É medonho se ver perdido... Mas como sempre, há uma salvação. Ser tão volátil, volúvel e solúvel e algo confuso. Existe alguma definição? Sim. Incontínuo. Não consegue se manter em foco, voando por memórias que não pode tocar, explorando loucas possibilidades e fazendo suposições insanas. Analisa tudo até sua raiz, encontrando o lugar certo para cortar. O lugar certo onde a vida deixará de existir.Capaz de encontrar segredos escondidos com apenas um olhar,sabe muito bem como agir. Racional acima de tudo, calcula as mínimas possibilidades e probabilidades para conseguir o desejado.

Marceline tem uma personalidade deveras fria, e poucos são aqueles que passaram pela barreira que a loira ergueu ao seu redor. Não sente-se confortavel perto dos outros,pois não confia nas pessoas, ou melhor, nos seres vivos, sejam eles humanos,mutantes, quaiquer que sejam, e assim como seu pai, ela não vai muito com a cara dos outros, afinal, o passado esta aí para provar que não são confiáveis mesmo. Nunca esperou a aceitação alheia, e nunca mostrou se importar com ela, apesar de que no fundo, deseja ser reconhecida, ou talvez seja mais um desejo de ser venerada, vai saber né. E para aqueles poucos que passaram por todas as fortalezas ao seu redor (e alguém já fez isso?) Marceline pode ser uma garota muito doce e meiga, o que na verdade parece mais uma lenda. Mas tudo não passa de esconder-se por medo.



played by Anita ♥


thanks flarnius ops.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Stefan Salvatore
Vampiro
Vampiro
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 10/02/2012

Ficha do Mundo Mistico
Raça: Vampiros
Historia:
Pertences:

MensagemAssunto: Re: [FP] Marceline Hainsworth   Qui Dez 06, 2012 8:42 am

Selecionada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
[FP] Marceline Hainsworth
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Geral :: Ficha de Inscrição ~-
Ir para: